top of page

Ari Serra Gaúcha cria o projeto social que envolve a comunidade

ARI Serra na Comunidade já realizou ações nos meses de setembro e outubro de 2022



1ª atividade do projeto, realizada pela presidente da Ari Serra Gaúcha, Vania Marta Espeorin

Com o objetivo de contribuir de forma voluntária com o desenvolvimento de entidades beneficentes localizadas nos municípios da Serra Gaúcha e com a formação social de diferentes públicos, por meio de oficinas, painéis e palestras que valorizam a comunicação, a arte, a cultura e os cuidados ambientais, a Ari Serra Gaúcha 2022/2024 lançou o projeto Ari Serra na Comunidade.


A proposta é realizar oficina/palestra por mês, no período de agosto a novembro de 2022, para crianças, adolescentes e famílias atendidas pelo Instituto Murialdo – Santa Fé, em Caxias do Sul. As oficinas trazem diferentes abordagens (contação de histórias, educação ambiental, redes sociais, proteção animal) e são promovidas e/ou organizadas por integrantes da ARI Serra Gaúcha (e parceiros), conforme a especificidade de atuação ou mesmo habilidades manuais, artesanais ou intelectuais.


As atividades deram início com a contação de histórias realizadas pela jornalista e professora Vania Marta Espeiorin, também presidente da Ari Serra Gaúcha e pela proprietária e administradora da Rádio Solaris, Maria Tereza Fortuna, que também integra a Ari.


Já teve também palestra sobre Educação Ambiental, com a jornalista e professora Fabiana de Lucena, integrante da Ari, em parceria com a Codeca (Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul).



jornalista e professora Fabiana de Lucena falando com as crianças sobre meio ambiente

Em outubro foi vez da jornalista Janaína Silva abordar a temática - redes sociais - com os adolescentes do instituto.



jornalista Janaína Silva conversando com os adolescentes sobre redes sociais

Para finalizar a 1ª temporada do projeto, no dia 23 de novembro, a jornalista Luciane Modena, fala sobre a vivência e proteção dos animais de estimação. A Lu é parceria da PAC (Organização Não-Governamental Proteção Animal Caxias).


Em 2023 novas atividades serão destinadas à comunidade.



Saiba mais sobre a Ari

A Associação Riograndense de Imprensa (ARI) foi fundada em 19 de dezembro de 1935, em Porto Alegre, por 114 jornalistas e intelectuais, tendo como seu primeiro presidente Erico Verissimo. Sem caráter sindical, a entidade reúne profissionais da comunicação, integrando empregados, empregadores e autônomos. Além da valorização de toda a cadeia produtiva da comunicação, a ARI se destaca pela defesa da liberdade de imprensa e de expressão.


Na Serra Gaúcha, a ARI estabeleceu sua seccional em 28 de maio de 2003 por iniciativa da jornalista Juçara Tonet Dini (fundadora), com o apoio de outros 17 profissionais ligados à área da Comunicação. Até hoje, a ARI Serra Gaúcha foi presidida por quatro profissionais: Juçara Tonet Dini, de 2003 a 2009; Paulo Cancian (in memoriam), de 2010 a 2016; Evandro Fontana, de 2016 a 2018; Andreia Fontana, de 2018 a 2021; e, oficialmente, em 3 de maio de 2022, assumiu como presidente Vania Marta Espeiorin, tendo como vice Juliana Bevilaqua.


Hoje, envolvendo o Conselho Superior da entidade e suas diretorias, o movimento na Serra Gaúcha reúne 40 integrantes, que atuam em distintas áreas da comunicação, como jornalismo, relações públicas, propaganda e publicidade, design, fotografia, radialismo, tv, cinema, redes sociais, eventos, entre outros.


Confira mais registros das atividades:














2 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page