top of page

Troféu Ari Serra Gaúcha agracia profissionais da comunicação dia 21 de novembro em Bento Gonçalves

Serão agraciados com o Troféu ARI Serra Gaúcha 2022: Rosilene Pozza, Oli Paz, Fabiano Mazzotti, Gerson Luis Lenhard, Viviane Somacal, Vânia de Moura, Elisa Postal, Elói Zorzetto e Itacyr Luiz Giacomello. Eles receberão a homenagem na noite de 21 de novembro, no CIC de Bento Gonçalves




A Associação Riograndense de Imprensa - Seccional Serra Gaúcha (ARI Serra Gaúcha) fará a entrega do Troféu ARI Serra Gaúcha 2022 a nove profissionais da comunicação, em jantar especial, às 19h do dia 21 de novembro (segunda-feira), no Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (Rua Avelino Luiz Zat, 95, Bairro Fenavinho). Recebem a distinção neste ano os seguintes nomes nas respectivas categorias: Rosilene Pozza (Jornalismo Impresso e Digital), Oli Paz (Audiovisual), Fabiano Mazzotti (Imagem), Gerson Luis Lenhard (Radiojornalismo), Viviane Somacal (Assessoria de Imprensa), Vânia de Moura (Relações Públicas), Elisa Postal (PP/Marketing), Elói Zorzetto (Destaque Estadual/Nacional) e Itacyr Luiz Giacomello (Contribuição à comunicação).

“Todo ano, a emoção nos move neste momento tão significativo que é o de reconhecer quem faz muito pela comunicação. Os profissionais deste ano merecem todo o agradecimento pela trajetória constituída e, principalmente, por levarem às pessoas conteúdos que as ajudam a tomar decisões cotidianas com senso crítico e compreensão de que a informação de qualidade é, sim, um direito social, como é a democracia e a própria liberdade de imprensa, quando desempenhadas com respeito à humanidade, à cultura e às leis. Nesse sentido, torna-se mais que merecida esta distinção que a ARI Serra Gaúcha proporciona e, com responsabilidade, alegria e gratidão, concede a quem contribui com seu fazer para a construção de um mundo melhor e mais conectado”, ressalta a presidente da ARI Serra Gaúcha, Vania Marta Espeiorin.

Uma das novidades desta 14ª edição do prêmio é o fortalecimento da atuação regional da ARI Serra, tendo a parceria do CIC-BG, local em que será promovida a cerimônia com os homenageados. Na oportunidade, o CIC também concederá o Troféu Dom Empreendedor a Irani Bertolini, da empresa Transportes Bertolini. No caso do Troféu ARI Serra Gaúcha, desde a primeira edição, em 2008, a parceria se deu com a CIC Caxias, que seguirá como apoiadora institucional.

Durante a solenidade, haverá ainda o painel “A comunicação e o tempo no desafio de empreender”, com o jornalista Elói Zorzetto e mediação da presidente da ARI Serra Gaúcha, Vania Marta Espeiorin, e da presidente do CIC-BG, Marijane Paese.

Para que seja uma celebração marcante, Vania e Marijane reforçam o convite à comunidade da região para prestigiar os homenageados no dia 21 de novembro, durante o jantar de entrega do troféus, no CIC-BG. O encontro será por adesão e aberto ao público. Os ingressos devem ser reservados antecipadamente pelo link . Mais informações sobre o jantar podem ser obtidas pelo telefone (54) 2105-1999.


ARI SERRA GAÚCHA - Quem somos:

- A Associação Riograndense de Imprensa (ARI) foi fundada em 19 de dezembro de 1935, em Porto Alegre, por 114 jornalistas e intelectuais, tendo como seu primeiro presidente Erico Verissimo. Sem caráter sindical, a entidade reúne profissionais da comunicação, integrando empregados, empregadores e autônomos. Além da valorização de toda a cadeia produtiva da comunicação, a ARI se destaca pela defesa da liberdade de imprensa e de expressão.

- Na Serra Gaúcha, a ARI estabeleceu sua seccional em 28 de maio de 2003 por iniciativa da jornalista Juçara Tonet Dini (fundadora), com o apoio de outros 17 profissionais ligados à área da Comunicação. Até hoje, a ARI Serra Gaúcha foi presidida por quatro profissionais: Juçara Tonet Dini, de 2003 a 2009; Paulo Cancian (in memoriam), de 2010 a 2016; Evandro Fontana, de 2016 a 2018; Andreia Fontana, de 2018 a 2021; e desde 3 de maio de 2022, para a gestão 2022-2024, assumiu como presidente Vania Marta Espeiorin, tendo como vice Juliana Bevilaqua.

TROFÉU ARI SERRA GAÚCHA – Como surgiu:

- A ideia de reconhecer o trabalho dos profissionais da comunicação da Serra Gaúcha nasceu em um dos tradicionais encontros que a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC Caxias) preparava a comunicadores ao final de cada ano. Quem aventou, pela primeira vez, criar uma premiação foi o radialista Agenor Rodrigues, durante uma confraternização da CIC, na gestão do João Francisco Müller (2005 – 2007). Nesse momento, porém, a ideia não se concretizou.

- Na gestão seguinte, do presidente Milton Corlatti, a partir da diretoria de Comunicação e Marketing da entidade e da, à época, presidente da ARI Serra Gaúcha e hoje integrante do Conselho Superior da ARI Serra Gaúcha, Juçara Tonet Dini, o projeto da distinção foi elaborado e efetivado. Juçara encabeçou a proposta não sabendo que Agenor Rodrigues havia sugerido algo semelhante no passado. Quem comentou com Juçara a respeito foi a Giovana Schmitt, relações públicas e integrante da Ari Serra Gaúcha. Ideias convergiram e a premiação ganhou vida por meio da iniciativa da Juçara Dini e abraçada pela gestão do presidente Milton Corlatti (2008 – 2011). No primeiro ano do comando de Corlatti, o Troféu ARI Serra Gaúcha foi colocado em prática e concedido pela primeira vez a seis homenageados.

- Desde 2008 até hoje, 115 profissionais da comunicação receberam o prêmio pela relevante trajetória e contribuição social no exercício de sua atividade. Por 13 edições, o Troféu contou com a parceria direta da CIC Caxias. Neste ano de 2022, a entidade parceira é o Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) e a CIC Caxias mantém seu apoio institucional à iniciativa.

5 visualizações0 comentário

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page